pexels-photo-236215
Comportamento Destaque

Um dia daqueles…

Segundona… mais alguém aí querendo desligar a vida? Porque só hoje já encontrei 4 candidatas – além de mim mesma.

Acordei num susto, às 4h da manhã, achando que eram 10 e eu tinha perdido a consulta no médico. Não. E não consegui mais dormir… levantei 7h e mandei, mandei aquela mensagem chata, que não quer sair, mas precisa… que a gente sabe que vai vir problema em seguida, mas tentei ser adulta e pensei “tenho que enfrentar essa pendenga”. 

E levei um lindo pé na bunda logo cedo! Pois é, nem sempre o outro lado ta a fim de resolver como a gente acha que precisa… nem sempre.

Vida que segue, cabisbaixa, mas segue.

No banho ao pegar o sabonete, derrubei o negocinho de depilação (como escreve isso sem falar a marca gente?!), fui pega-lo com mão direita, a esquerda se meteu na frente e arranquei um pedaço do dedo… ok, agora eu posso chorar?

Chorei… o sangue lavando minha mão e eu olhando pro dedo que tava latejando.

Vida que segue, fui pro médico… a GO tava atrasada. UMA HORA atrasada!

E nisso encontrei uma amiga, que me deu uma bronca… pq né, segundona, tem que ser assim. Ela tem licença total pra isso, e o fez com a maestria de sempre. Mas eu fiquei arrasada.

Chorei de novo.

Finalmente na sala da GO:

– E o divórcio?

– Ah, ta caminhando… vamos pro litigioso

-Putz Aninha, que chato!

– Pois é…

Seguem-se as perguntas de sempre…

– Ta com quantos anos mesmo? Hummm

-31

– Ah é, 31

– Precisa pensar nessa endometriose… nada de filhos né?

– Nada

– É Aninha… vamos ter que falar sobre isso.

E vim trabalhar… chorando.

Porque né… ta fácil não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>